Pesquisa

Você está em: Home » Vestibular » Questões

Questões de vestibular

Filtro de Busca

ocultar

Palavra-Chave:

  Imprimir página | Exibindo de 11 a 20 de um total de 85 registros.

Registros por página:

11. Q14367

Harriet Martineau (1802-1876) nasceu na Inglaterra, foi autora de mais de 50 livros e tem sido chamada a “primeira socióloga mulher”. Entre tantos feitos, foi original ao dirigir um olhar social à vida cotidiana e ao introduzir a Sociologia na Grã-Bretanha, com a tradução do livro fundador da disciplina, a “Filosofia Positiva”, de Augusto Comte. No entanto, quando se fala sobre os fundadores da Sociologia, não é comum se ouvir falar em Harriet.
Com base nessas informações, sobre as relações de gênero e o mundo do trabalho, é correto afirmar:

a)

b)

c)

d)

e)

12. Q14366

Sobre o conceito de Estado, é correto afirmar:

a)

b)

c)

d)

e)

13. Q14365

A suposição de que havia um consenso absoluto sobre a organização social e a vida cultural de cada tribo só era possível através da ideia que os administradores e cientistas europeus tinham da “tradição”. As sociedades “tribais” (ou “primitivas”) seriam, para eles, “sociedades tradicionais” — não só as regras de conduta eram pautadas rigidamente pelo costume, como esse costume era transmitido, oralmente e de forma imutável, de geração a geração, desde o princípio dos tempos. Os europeus não admitiam que os africanos pudessem refletir criticamente sobre a sua própria cultura”. (FIGUEIREDO, 2010, p. 9).

O texto pontua a construção do olhar europeu sobre a África,no período colonial.

A partir dos debates atuais sobre as relações étnicas no Brasil, identifique com V ou F, conforme sejam verdadeiras ou falsas as afirmativas sobre o texto.
 
(  ) O resultado sociopolítico dessa visão estereotipada ainda hoje pode ser observado em relação à população afro-brasileira.
(  ) Os conflitos raciais resultam de esteriótipos sociais, e não de fatos científicos
(  ) Um indivíduo etnocêntrico não tem capacidade de observar outras culturas nas próprias condições em que elas se mostram.
 
A alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo, é a

a)

b)

c)

d)

e)

14. Q14364

A respeito dos estudos sobre instituições familiares, assinale V nas afirmativas verdadeiras e  F, nas falsas.
 
(  ) O conceito sociológico de “família” é definido como a união entre um homem e uma mulher, ligados por laços de sangue, de matrimônio ou de adoção.
(  )  As relações desiguais de poder dentro da família revelam que certos membros tendem a ter mais benefícios que outros.
(  ) Os casamentos, atualmente, têm caráter voluntário, não sendo mais orientados apenas por interesses econômicos e familiares, o que ocasionou liberdades, mas também novas coerções.
(  ) Os primeiros casos de casamento entre pessoas do mesmo sexo, no Brasil, é amparado pelo princípio de isonomia, para o qual todos são iguais perante a lei.
 
A alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo, é a

a)

b)

c)

d)

e)

15. Q14363

De acordo com as análises de Karl Marx, a divisão social do trabalho revela duas classes que se contrapõem. Na produção capitalista, as duas classes antagônicas são as indicadas em

a)

b)

c)

d)

e)

16. Q14362

Do ponto de vista do agente, o motivo é o fundamento da ação; para o sociólogo, cuja tarefa é compreender essa ação, a reconstrução do motivo é fundamental, porque, da sua perspectiva, ele figura como a causa da ação. Numerosas distinções podem ser estabelecidas e Weber realmente o faz. No entanto, apenas interessa assinalar que, quando se fala de sentido na sua acepção mais importante para a análise, não se está cogitando da gênese da ação, mas sim daquilo para o que ela aponta, para o objetivo visado nela; para o seu fim, em suma. (COHN, 1979, p. 27).
 
A categoria weberiana que melhor explica o texto em evidência está explicitada em

a)

b)

c)

d)

e)

17. Q14361

O sertanejo é, antes de tudo, um forte. Não tem o raquitismo exaustivo dos mestiços neurastênicos do litoral. A sua aparência, entretanto, ao primeiro lance de vista, revela o contrário. Falta-lhe a plástica impecável, o desempeno, a estrutura corretíssima das organizações atléticas. [...] Entretanto, toda essa aparência de cansaço ilude. Nada é mais surpreendedor do que vê-la desaparecer de improviso. Naquela organização combalida, operam-se, em segundos, transmutações completas. Basta o aparecimento de qualquer incidente exigindo-lhe o desencadear das energias adormecidas. O homem transfigura-se.
Empertiga-se, estadeando novos relevos, novas linhas na estatura e no gesto; e a cabeça firma-selhe, alta, sobre os ombros possantes aclarada pelo olhar desassombrado e forte; e corrigem-se-lhe, prestes, numa descarga nervosa instantânea, todos os efeitos do relaxamento habitual dos órgãos; e da figura vulgar do tabaréu canhestro reponta, inesperadamente, o aspecto dominador de um titã acobreado e potente, num desdobramento surpreendente de força e agilidade extraordinárias. (CUNHA, 2001, p. 207-208).
 
Sobre a obra da qual foi extraído o fragmento em evidência, muito conhecida pela análise histórica que faz sobre a Guerra de Canudos (1987), mas que realiza um grande exame sobre a terra e o homem do Nordeste, através de uma ótica permeada pelo positivismo, é correto afirmar:

a)

b)

c)

d)

e)

18. Q14360

Um dos temas mais comuns da Sociologia, discutido na vida do trabalho, refere-se ao acúmulo desigual do capital e à luta existentes entre as diferentes classes sociais. Um dos autores clássicos da Sociologia acompanhou as mudanças causadas pela produção industrial, as desigualdades que dela resultaram e escreveu sobre o desenvolvimento do capitalismo.
Trata-se, nesse caso, de

a)

b)

c)

d)

e)

19. Q14359

Considerando-se as grandes mudanças que ocorreram na história da humanidade, aquelas que aconteceram no século XVIII — e que se estenderam no século XIX — só foram superadas pelas grandes transformações do final do século XX. As mudanças provocadas pela revolução científico-tecnológica, que denominamos Revolução Industrial, marcaram profundamente a organização social, alterando-a por completo, criando novas formas de organização e causando modificações culturais duradouras, que perduram até os dias atuais. (DIAS, 2004, p. 15).
Sobre o surgimento da Sociologia e as mudanças ocorridas na modernidade, é correto afirmar:

a)

b)

c)

d)

e)

20. Q15267

Prova: Unicentro Verão 2012

Disciplina: Sociologia

Sobre as relações entre cultura de massa, cultura erudita e cultura popular, identifique com V as afirmativas verdadeiras e com F, as falsas.
 
(  ) A cultura popular pode ser definida como distintos modos de expressão que ocorrem na sociedade e que se manifestam por meio de arte, do folclore, da religião, etc.
(  ) O termo erudito se refere às tradições de um povo e, por isso, a cultura erudita diz respeito às manifestações, no presente, de uma tradição.
(  ) A cultura erudita foi gerada pela indústria cultural e visa a uma distinção entre seus ouvintes, vistos como evoluídos culturalmente.
 
A alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo, é a

a)

b)

c)

d)

e)